Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sacerdote colombiano é condenado a 33 anos por abuso sexual de menores

Por Da Redação - 2 mar 2012, 16h57

Bogotá, 2 mar (EFE).- Um tribunal da cidade colombiana de Cali condenou nesta sexta-feira a 33 anos de prisão o sacerdote William de Jesús Manzo Pérez por abuso sexual de quatro menores, três deles irmãos.

Manzo Pérez, que está detido desde junho de 2010, cometeu o crime em junho de 2009 na paróquia de Nossa Senhora da Candelária, no bairro Alfonso Bonilla Aragón, em Cali.

A pena contra o sacerdote é uma das mais altas já impostas na Colômbia para este tipo de delito. Os familiares dos menores denunciaram o religioso, que atraiu as crianças chamando elas para ‘realizar ensaios para um coro’.

O clérigo deu dinheiro e presentes aos menores para que não contassem sobre o abuso aos seus parentes, denunciou em 22 de fevereiro a Promotoria colombiana.

Continua após a publicidade

A defesa de Manzo Pérez anunciou que apelará da condenação, enquanto os defensores dos menores afetados anunciaram que pedirão uma indenização da igreja pelos danos ocasionados. EFE

Publicidade