Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rússia prorroga permissão de residência a Snowden por mais 2 anos

Snowden denunciou em 2013 detalhes de programas de espionagem de amplo alcance nacional e internacional do governo americano

Por Da redação - 18 jan 2017, 07h58

A Rússia acaba de prorrogar nesta quarta-feira, por mais dois anos, a permissão de residência ao ex-analista da Agência de Segurança Nacional (NSA, sigla em inglês) dos Estados Unidos, Edward Snowden, escreveu no Facebook a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova.

“O mais divertido é que o ex-subdiretor da CIA não sabe que Snowden acaba de ter sua permissão de residência na Rússia prorrogada por mais dois anos”, afirmou a diplomata na rede social. Zakharova se referia a um artigo de Michael Morell, ex-subdiretor da CIA, no qual este afirmou que o presidente russo, Vladimir Putin, poderia dar um “presente de posse perfeito” a Donald Trump: a extradição de Edward Snowden.

“O que este homem da CIA propõe é a ideologia da traição”, ressaltou a porta-voz de Relações Exteriores. Snowden denunciou em 2013 detalhes de programas de espionagem de amplo alcance nacional e internacional do governo americano e se refugiou na Rússia para evitar ser processado nos Estados Unidos.

Segundo o advogado Anatoli Kucherena, o ex-analista da NSA encontrou trabalho na Rússia no setor da tecnologia da informação, mas, por motivos de segurança, seu paradeiro é mantido em sigilo.

Continua após a publicidade

(Com agências EFE e Reuters)

Publicidade