Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rússia: Navalny não participará de eleições

O líder opositor foi considerado culpado de fraude em fevereiro

Por Reuters - Atualizado em 23 jun 2017, 12h36 - Publicado em 23 jun 2017, 12h35

O líder de oposição russo Alexei Navalny não pode concorrer à Presidência devido a uma condenação na Justiça, informou a Comissão Eleitoral Central da Rússia em comunicado nesta sexta-feira.

“Navalny não tem sufrágio passivo”, disse o órgão em comunicado, o que significa que ele é inelegível para concorrer ao cargo.

Navalny foi considerado culpado de fraude em fevereiro e recebeu uma sentença suspensa de cinco anos de prisão, em um caso que ele diz ter sido organizado para impedi-lo de se candidatar à Presidência.

Prisão

No fim de março, Navalny ficou 15 dias detido por ter organizado um protesto anticorrupção em Moscou. Ele foi declarado culpado por organizar um protesto não autorizado. Na mesma ocasião, quase mil pessoas foram detidas pela polícia em protestos em todo o país.

A detenção aconteceu depois que Navalny publicou um relatório em que acusa o primeiro-ministro, Dmitri Medvedev, de se encontrar à frente de um império imobiliário financiado por oligarcas. Em junho, ele voltou a ser detido e impedido de participar de outro protesto contra a corrução.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade