Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rússia intensifica ataques com mísseis à Ucrânia em primeiro dia do G7

Presidente Volodymyr Zelensky pediu aos líderes do grupo por aumento do apoio militar; 'Mais do barbarismo deles', comentou Joe Biden sobre ofensiva

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 26 jun 2022, 18h25 - Publicado em 26 jun 2022, 18h21

Enquanto líderes das sete nações mais ricas do mundo se encontraram na Baviera para o primeiro dia da cúpula do G7, a capital ucraniana Kiev voltou a ser alvo de ataques do exército russo neste domingo, 26.

De acordo com agências internacionais, foram registradas quatro explosões durante a manhã, com mísseis russos atingindo ao menos um prédio residencial e uma escola de crianças.

O ataque foi a primeira ofensiva russa contra Kiev em semanas.

O vice-prefeito Mykola Povoroznyk afirmou que uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas — e que demais explosões ouvidas ao longo do dia foram das forças de defesa ucranianas destruindo os mísseis inimigos.

O ministro das Relações Exteriores do país, Dmytro Kuleba, fez um apelo para que os países do G7 respondessem aos ataques deste domingo impondo mais sanções à Rússia, além de fornecer mais armas à Ucrânia. Mais cedo, os mandatários anunciaram que vão proibir a importação de ouro russo.

Durante transmissão online na manhã deste domingo, o presidente Volodymyr Zelensky pediu aos líderes do grupo por mais apoio militar.

“É mais do barbarismo deles”, declarou Joe Biden em resposta aos ataques com mísseis a Kiev.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)