Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rússia começa produção em série de míssil hipersônico

Carregado com ogiva nuclear, o novo míssil será uma das maiores armas de destruição em massa e "invencível", segundo Vladimir Putin

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou nesta quinta-feira (19) o início da produção em série do míssil hipersônico Avangard, capaz de contornar qualquer sistema de defesa antimíssil, segundo seus criadores. Munido de ogiva nuclear, esse míssil é considerado uma das armas de destruição de massa mais potentes do mundo.

“Concluímos o desenvolvimento do sistema de mísseis Avangard, dotado de um elemento conceitualmente novo: uma ogiva planadora. Já foi colocada em andamento sua produção em série”, afirma a nota do ministério.

Em junho, o presidente da Rússia, Vladimir Putin afirmou terem os cientistas russos avançado na tecnologia de ponta de armamentos, segundo reportagem do portal britânico Express. Em especial, descrevera o Avangard como “um míssil furtivo de baixa altitude, carregando uma ogiva nuclear, com alcance quase ilimitado, trajetória imprevisível e capacidade de contornar os limites de interceptação”

“Ele é invencível contra todos mísseis defensivos e os sistemas de defesa aérea existentes e em projeto”, afirmou.

O desenvolvimento da indústria armamentista russa é uma das preocupações  da Europa neste momento, em especial dos países do leste e da Escandinávia, vizinhas da Rússia. A invasão e anexação da ucraniana Criméia pela Rússia, em 2014, abriu um precedente alarmante para os países europeus.

A ogiva do novo míssil pode manobrar em altas velocidades e em camadas superiores da atmosfera, ao contrário das tradicionais que seguem uma trajetória balística. Isso permite “superar qualquer meio de defesa antimíssil”, declarou o major-general Sergei Poroskun, chefe adjunto de armamento das Forças de Mísseis Estratégicos da Rússia.

Poroskun acrescentou que a ogiva do novo míssil “é capaz de voar a uma velocidade hipersônica, manobrando de maneira controlada lateralmente e em altura, o que garante sua invulnerabilidade”.

Segundo o ministério russo de Defesa, o Avangard alcança velocidades superiores a Mach 20, o equivalente a vinte vezes a velocidade do som.

(Com EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fernando Mello

    Enquanto Obama ficava distribuindo flores ao redor do mundo Putin mandou ver…

    Curtir