Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rússia ameaça cortar gás em 50%

A Rússia confirmou nesta terça-feira a redução em 50% do gás enviado à Ucrânia, devido a contas não pagas à estatal Gazprom ¿ no valor de 1,5 bilhão de dólares. Nesta segunda, 25% do suprimento já haviam sido cortados e como a situação não fora resolvida, o anúncio garantiu que os outros 25% seriam suspensos nesta terça-feira. A decisão despertou outra vez os temores da União Européia, já que a maioria dos países do grupo depende do gás russo. O gás é distribuído por gasodutos que passam pelo território da Ucrânia.

Em um comunicado, a Naftopgaz, estatal ucraniana do gás, disse que só pode garantir o trânsito ininterrupto da commodittie para os consumidores europeus se a segurança energética do país não estiver em risco. Porém, Kiev afirmou que fará todo o possível “para que o fornecimento de gás à União Européia prossiga normalmente”. Em 2006, a Gazprom interrompeu completamente o envio de gás à Ucrânia, o que levou boa parte da Europa a uma crise energética.