Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ron Paul anuncia que deixa ‘campanha ativa’, mas se mantém na disputa

Washington, 14 mai (EFE).- O pré-candidato presidencial republicano, o congressista Ron Paul, anunciou nesta segunda-feira sua decisão de não continuar fazendo ‘campanha ativa’, mas se manterá em disputa nas convenções estaduais do partido.

‘A partir de agora não gastaremos mais recursos nas campanhas em primárias de estados que não votaram ainda. Fazê-lo com algum tipo de esperança demandaria dezenas de milhões de dólares que simplesmente não temos’, afirmou em comunicado.

Paul, de perfil ultraliberal e congressista pelo Texas, era o único aspirante que permanecia na batalha pela nomeação republicana contra o grande favorito, Mitt Romney, após o abandono nas últimas semanas do ex-senador pela Pensilvânia, Rick Santorum, e pelo ex-presidente da Câmara de Representantes, Newt Gingrich.

No entanto, a concorrência de Paul é pouco mais que simbólica, já que não conseguiu ganhar as primárias em nenhum dos estados em disputa com um discurso profundamente antimilitarista e contrário à intervenção do Estado.

‘Nossa campanha continuará trabalhando no processo de convenções estaduais. Seguiremos tomando posições de liderança, ganhando delegados, e levando uma forte mensagem à Convenção Nacional Republicana que a liberdade é o caminho do futuro’, acrescentou.

Ron Paul se encontra no quarto lugar em número de delegados obtidos para a Convenção Republicana da Flórida em agosto, com 99, muito abaixo dos 945 de Romney.

Apesar da distância e da falta de apoios, Paul reiterou em várias ocasiões que não deve oferecer seu apoio a Romney, algo que fizeram os outros aspirantes republicanos, e que sua intenção é manter o Partido Republicano no caminho libertário.

Para obter a nomeação republicana, é necessário obter o respaldo de 1.144 delegados. EFE