Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romney supera Gingrich para a primária republicana da Flórida

Mitt Romney se encaminha para uma provável vitória nas primárias do estado da Flórida, que pode garantir a indicação como candidato presidencial do Partido Republicano, mas seu rival Newt Gingrich prometeu lutar até a convenção de agosto.

Novas pesquisas mostraram no domingo a clara vitória de Romney no estado da Flórida (sudeste dos Estados Unidos) depois que sua equipe de campanha passou à ofensiva, lançando anúncios que apontavam Gingrich como pouco ético e inapto para o cargo.

Romney, ex-governador de Massachussetts e milionário investidor de risco considerado o favorito do partido, supera Gingrich por 15 pontos na Flórida, 42% contra 27% de intenções de voto, segundo uma pesquisa da NBC/Marist.

Outra nova pesquisa do jornal The Miami Herald mostrou Gingrich onze pontos atrás de Romney.

Com a esperança de liquidar seu rival, Romney arremeteu contra ele diante de centenas de partidários em um centro comercial em Naples.

“A razão pela qual o ex-presidente da Câmara de Representantes Gingrich teve um tempo difícil na Flórida é que as pessoas da Flórida viram os debates, ouviram Gingrich, escutaram os outros candidatos e disseram: ‘Sabe o que mais? Mitt Romney é o homem que vamos apoiar'”, lançou.

Apesar das pesquisas, Gingrich disse que espera uma disputa muito apertada na Flórida, campo de batalha chave nas eleições presidenciais de novembro, nas quais o democrata Barack Obama enfrentará o candidato republicano vencedor.

Após participar de serviços religiosos em Fort Myers, ao norte de Tampa, um vibrante Gingrich insistiu que “a eleição será muito mais disputada (do que) as pesquisas” sugerem.

Gingrich previu uma campanha “selvagem” e disse que “Romney tem o enorme desafio de tentar obter uma maioria na convenção” (nacional republicana em agosto), que marcará o final das primárias e da qual sairá o candidato republicano definitivo.

“Iremos até o fim da convenção, e acredito que o Partido Republicano não designará um candidato de Massachussets pró-aborto, pró-controle de armas e pró-aumento moderado de impostos”, afirmou.

Romney, que mudou sua posição sobre o aborto e agora é contrário à prática, teve que se defender das persistentes dúvidas sobre suas credenciais conservadoras, que remontam a sua época de governador liberal de Massachussetts.

Gingrich, de 68 anos, foi reconduzido à corrida ao vencer Romney, de 64 anos, na Carolina do Sul no início deste mês, mas seu apoio caiu rapidamente na Flórida e seu rival parece ser agora o único com chances.

Gingrich insistiu no domingo que a única razão pela qual permanece atrás do moderado Romney é pela “campanha negativa sem pausa” de seu rival e porque Rick Santorum, que venceu em Iowa e decidiu permanecer na corrida, divide o voto conservador.

“O fato é que quando se soma o voto (para) Santorum e o voto (para) Gingrich… a combinação conservadora venceria claramente Romney”, disse à rede ABC.

Gingrich recebeu um impulso neste fim de semana quando seu ex-rival Herman Cain decidiu apoiá-lo publicamente.

Também a ex-governadora do Alasca Sarah Palin, uma das favoritas da ala ultraconservadora republicana dominada pelo Tea Party, apontou a candidatura de Gingrich dizendo aos seus partidários que “votem por Newt” na Flórida.

Gingrich reafirmou suas credenciais conservadoras ao argumentar que apenas um verdadeiro conservador como ele tem chances de vencer Obama.

“Nomeamos um moderado em 1996 e perdemos”, disse no sábado em Orlando. “Nomeamos um moderado em 2008 e perdemos. Apenas um conservador sólido pode enfrentar Barack Obama e vencer”, sustentou.

Mas, segundo uma nova pesquisa do USA Today divulgada nesta segunda-feira, se enfrentasse Obama hoje, Gingrich perderia por 40% contra 54%.

De acordo com a pesquisa, o ex-presidente da Câmara de Representantes iria inclusive pior que o representante do Texas, o liberal Ron Paul, que ficou apenas sete pontos abaixo de Obama (43%-50%), e de Santorum, que também se localizou sete pontos atrás do presidente americano (44%-51%).

O único republicano que conseguiu superar Obama foi Romney, 48% contra 47%, de acordo com a pesquisa.

Por fim, Santorum foi obrigado a suspender as atividades de campanha na Flórida devido à hospitalização de sua filha Bella, de três anos e portadora de desordem genética, a “trissomia 18” ou “síndrome de Edwards”.