Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romney é o republicano favorito dos hispânicos da Flórida

Miami, 25 jan (EFE).- Mitt Romney é o pré-candidato republicano favorito entre os eleitores hispânicos da Flórida, embora Barack Obama siga contando com a maioria do decisivo voto latino, tanto neste estado como no resto do país.

A informação é de uma pesquisa encomendada pelas emissoras ‘Univision’ e ‘ABC’ cujos resultados foram divulgados hoje, coincidindo com a presença em Miami de vários dos oponentes nas primárias republicanas, que acontecerão na próxima terça-feira na Flórida.

Segundo os resultados desta enquete, realizada entre 500 eleitores inscritos em nível nacional e outros tantos na Flórida, entre os residentes hispânicos neste estado sulista que votarão no dia 31, Romney tem uma vantagem de 15 pontos sobre Newt Gingrich (35% a 20%).

Os outros dois políticos em disputa, Ron Paul e Rick Santorum, só contam neste momento com um apoio de 6% e de 7% dos hispânicos, respectivamente, enquanto ainda há 21% de eleitores latinos indecisos.

Em qualquer caso, se as eleições presidenciais acontecessem agora, Obama seguiria ganhando com grande vantagem entre os eleitores hispânicos, tanto contra Romney (67% a 25%), como perante Gingrich (70% a 22%).

No entanto, em nível nacional, 53% dos eleitores hispânicos disseram estar menos entusiasmados com Obama que em 2008. Essa percentagem sobe para 58% na Flórida.

Em geral, o nível de aprovação de Obama entre os hispânicos de todo o país caiu ligeiramente de 66% de novembro para 63% agora, embora ‘esta diferença esteja dentro das margens de erro da enquete (4,4%) e continue sendo um número significativamente mais alto em comparação com o eleitorado em geral’, garantiram os pesquisadores.

Só na Flórida, 54% dos hispânicos apoiam Obama, mas 45% o desaprovam, uma percentagem significativamente superior à média nacional (31%).

Em matéria de imigração, os resultados evidenciam que o tema continua sendo um desafio para os candidatos republicanos que buscam o apoio hispânico, embora para 61% deste coletivo o mais preocupante é o emprego e a economia, contra 24% que optaram pela questão migratória.

‘Os latinos na Flórida e de todo o país estão cansados das fracassadas políticas econômicas do presidente Obama’, disse hoje Alexandra Franceschi, porta-voz do Comitê Nacional Republicano, em resposta à divulgação destes dados.

Acrescentou que ‘os latinos estão prontos para um presidente com soluções reais que se foque na criação de empregos para os desempregados, em lugar de um que só se preocupa com seu trabalho’. EFE

mgl/rsd