Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romney agradece apoio de Santorum por candidatura à Presidência dos EUA

Washington, 8 mai (EFE).- Mitt Romney, o pré-candidato favorito para concorrer à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, agradeceu nesta terça-feira a Rick Santorum – que participou das prévias da legenda – pelo apoio oficial que o ex-rival lhe manifestou nesta segunda e elogiou seu ‘compromisso com o conservadorismo’.

Romney emitiu um comunicado no qual disse que ‘a corrida pela nomeação presidencial republicana sempre buscou a restauração da promessa dos EUA’ e considerou que Santorum e ele compartilham um ‘compromisso absoluto’ para conseguir esse objetivo.

Romney, que foi governador de Massachusetts, destacou ainda que Santorum e ele têm a mesma opinião sobre as ‘políticas fracassadas’ da Administração do atual presidente americano, o democrata Barack Obama, ‘desde seu assalto à liberdade de consciência até sua política externa irresponsável’.

Esta é a segunda vez que Santorum respalda Romney como candidato à Presidência – já o fez na campanha de 2008 -, mas em fevereiro passado, em pleno fragor dessas primárias republicanas, lamentou por ter prestado apoio há quatro anos.

Santorum, que abandonou a disputa pela candidatura presidencial republicana no mês passado, expressou nesta segunda-feira à noite seu apoio a Romney por um e-mail enviado a seus partidários, argumentando que a meta absoluta é vencer Obama, que buscará a reeleição no pleito de novembro.

Ex-senador pela Pensilvânia, Santorum explicou que tomou a decisão de apoiar Romney após o encontro de 90 minutos que ambos tiveram em Pittsburgh (Pensilvânia) na semana passada.

‘Sobretudo, ambos decidimos que devemos vencer o presidente Obama. É uma tarefa que não será fácil, e requereria o apoio de todos para que nosso candidato saia vitorioso’, declarou Santorum, que se retirou da disputa em 10 de abril. ‘(Romney) será esse candidato e ele tem meu apoio para ganhar esta, a eleição mais importante de nossas vidas’.

Durante o processo das prévias republicanas, Santorum tentou se apresentar como o mais conservador dos candidatos em disputa e chegou a classificar Romney como um ‘moderado’ que não merecia disputar a Presidência com Obama no pleito do dia 6 de novembro.

O único rival atual de Romney na disputa pela candidatura republicana é o congressista Ron Paul, cuja permanência na campanha parece mais responder a uma estratégia para impulsionar seus ideais e objetivos dentro do partido do que uma verdadeira aposta pela Casa Branca, já fora de seu alcance.

Nesta terça-feira, Romney aproveitará as primárias nos estados da Carolina do Norte, Indiana e Virgínia Ocidental para seguir ganhando delegados frente a Ron Paul.

São necessários 1.144 delegados para conseguir a nomeação presidencial republicana, que será anunciada no final de agosto na Convenção Nacional do partido em Tampa (Flórida). EFE