Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jornalista usa apps de encontro para expor atletas gays

Um repórter do site americano 'The Daily Beast' usou aplicativos de encontro na Vila Olímpica e publicou suas conversas com os atletas homossexuais

O jornalista americano Nico Hines, do site The Daily Beast, usou a tecnologia para vasculhar e divulgar a vida pessoal do atletas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Hines criou um perfil falso nos aplicativos de paquera Tinder e Grindr para flertar com atletas e descobrir quais são homossexuais.

No artigo postado na quinta-feira, o jornalista publicou suas conversas sem revelar o nome dos atletas, mas fez um relato tão detalhado que era fácil deduzir a identidade de seus interlocutores. Após uma enxurrada de críticas, o Daily Beast apagou a publicação, mas a matéria já havia se espalhado pela internet.

Leia também:
Rugby olímpico termina com pedido de casamento (e um sim!)
Por que a ginasta Simone Biles desenha um cifrão na trave
Discussão nas redes? Simone Biles não liga: mãe adotiva é mãe

Em uma nota lançada logo após as primeiras reclamações, o editor-chefe do site, John Avlon, afirmou que Hines “nunca fingiu ser alguém que não era, não ofereceu nada a ninguém e imediatamente admitiu que era jornalista quando questionado”. O repórter é heterossexual e criou  perfis apenas para realizar a matéria.

Na noite de quinta-feira, o caso tomou grande proporção nas redes sociais e o site divulgou outra nota desculpando-se pelo erro. “Nossa intenção nunca foi ferir ou degradar membros da comunidade LGBT, mas intenção não importa, impacto, sim”, declarou o editor-chefe.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Jose Bonifácio

    Tem que mostrar essa bichas mesmo … vem futiar no Brasil passando DST pra geral … voltem da onde vieram suas frutas .

    Curtir