Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Republicanos bloqueiam investigação sobre invasão ao Capitólio

Parlamentares democratas e republicanos da ala moderada haviam convocado comissão para apurar eventos do dia 6 de janeiro

Por Ernesto Neves Atualizado em 28 Maio 2021, 16h52 - Publicado em 28 Maio 2021, 16h43

Senadores do Partido Republicano bloquearam nesta sexta (28) a abertura de uma investigação sobre o ataque ao Capitólio por apoiadores do ex-presidente Donald Trump.

O ataque aconteceu no último dia 6 de janeiro, quando trumpistas invadiram a sede do legislativo dos Estados Unidos e entraram em confronto com forças policiais.  A violência deixou cinco mortos, entre eles um agente do Capitólio.

O pedido de abertura da investigação foi feito por uma comissão bipartidária, envolvendo democratas e republicanos da ala mais moderada. Ele acabou derrotado após reunir 54 votos a favor, abaixo dos 60 necessários para que a apuração avançasse no Congresso.

No dia 6 de janeiro, centenas de partidários de Trump invadiram o Capitólio sob a justificativa de que as eleições presidenciais de novembro de 2020 foram fraudadas.

Os conspiracionistas defenderam a tese de que Trump venceu o pleito e que milhões de votos enviados por correios foram adulterados.

 “Os republicanos do Senado escolheram defender a grande mentira por temer perturbar Donald Trump”, afirmou Chuck Schumer, líder democrata no Senado. 

Continua após a publicidade
Publicidade