Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Represa se rompe e mais de 63 mil pessoas deixam suas casas em Mianmar

A água derramada inundou 85 aldeias de município da região de Bago, onde os moradores tiveram que ser evacuados pelo governo local e o Exército

Mais de 63 mil pessoas tiveram que deixar suas casas em Mianmar, após a ruptura de uma represa na região central do país, provocando a inundação de dezenas de aldeias, informou nesta quinta-feira, 30, a imprensa estatal.

O incidente ocorreu ontem, no município de Yedashe, quando a drenagem do pântano de Swa Chaung cedeu pelo acúmulo de água, segundo o jornal ‘Global New Light of Mianmar’.

A água derramada inundou 85 aldeias deste município da região de Bago, onde os moradores tiveram que ser evacuados pelo governo local e o Exército, e recebem assistência da Cruz Vermelha do país.

A grande quantidade de água também danificou uma ponte, alagou cerca de oito quilômetros da estrada Yangun-Mandalay, a principal do país, e cortou a linha de ferrovia.

A ruptura ocorreu depois que o nível de água retida pela represa alcançasse os 103,2 metros, meio metro acima da sua capacidade máxima, segundo o jornal, que o atribuiu ao excesso de chuvas nesta temporada dos monções.

O fato ocorreu um mês depois do afundamento de uma seção auxiliar de uma represa no sul do Laos, que oficialmente causou 34 mortes e deixou aproximadamente 100 desaparecidos.