Clique e assine a partir de 8,90/mês

Reino Unido: Mais de 11.000 morrem em casas de repouso em sete dias

Quase 33% das mortes causadas pela doença no país no início de maio ocorrem fora dos hospitais e das estatísticas diárias do Serviço Nacional de Saúde

Por Da Redação - Atualizado em 19 Maio 2020, 17h13 - Publicado em 19 Maio 2020, 17h10

A Agência de Estatísticas Nacionais do Reino Unido (ONS) publicou nesta terça-feira, 19, um relatório que indica mais de 11.600 mortes causadas pela Covid-19 no país ocorreram em casas de repouso até 8 de maio. Com cerca de 35.000 mortos, Reino Unido é o segundo país com mais óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos, que reportou mais que o dobro.

A ONS estimou que a Covid-19 é responsável por quase 40% de todas as 4.248 mortes registradas em casas de repouso no Reino Unido apenas entre 2 e 8 de maio. 

De um total de 14.408 mortos dentro e fora dos hospitais no país, 4.426 pessoas morreram em decorrência da Covid-19 apenas na semana encerrada em 8 de maio. Esta é a segunda semana seguida, segundo a ONS, que há uma queda nesses registros.

As estimativas da ONS são divulgadas semanalmente, diferentemente dos boletins diários do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS), que contabiliza apenas as mortes em hospitais.

Apenas 66,6% das mortes causadas pela Covid-19 entre 2 e 8 de maio no Reino Unido ocorreram em hospitais. Das restantes, pelo menos 32,5% foram confirmadas fora de hospitais: 26,7% em casas de repouso; 4,6% em residências privadas e 1,2% em unidades de cuidados paliativos.

A ONS, porém, aponta que o crescimento do número de mortes pela Covid-19 está em desaceleração dentro e fora dos hospitais há duas semanas.

“As mortes em todos os ambientes, incluindo os lares de idosos, estão caindo. Mas precisamos fazer todo o possível para continuar a proteger os mais vulneráveis em nossos lares”, disse um porta-voz do primeiro-ministro, Boris Johnson.

O jornal britânico The Guardian estima que mais de 248.000 casos da Covid-19 tenham sido confirmados até esta terça-feira no Reino Unido. A Inglaterra sozinha responde por quase 60% dos enfermos em território britânico. Sediado na Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME) projetou no início de abril cerca de 66.000 mortes pela Covid-19 no Reino Unido até agosto — uma taxa de letalidade superior a todos os outros 28 países europeus analisados pela entidade. 

Continua após a publicidade
Publicidade