Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reino Unido e UE chegam a acordo sobre conta do Brexit

Segundo um jornal britânico, Theresa May aceitou pagar 57 bilhões de libras

Os negociadores do Reino Unido e da União Europeia (UE) chegaram a um princípio de acordo sobre o valor que os britânicos deverão pagar para deixar o bloco europeu. Segundo o jornal The Guardian, a primeira-ministra britânica, Theresa May, aceitou pagar a quantia de 57 bilhões de libras (245 bilhões de reais) de “multa”.

Mais cedo, o jornal The Telegraph havia revelado, citando fontes dos dois lados da negociação, que o Reino Unido aceitou pagar entre 45 bilhões e 55 bilhões de euros (171 e 210 bilhões de reais). Os valores, contudo, não foram confirmados oficialmente.

Um acordo sobre o valor a ser pago pelo Reino Unido se tornou um dos maiores obstáculos para o Brexit. Com a resolução sobre o valor final, porém, é provável que a proposta seja aceita pelos dois lados em uma cúpula europeia em 14 e 15 de dezembro.

May espera que a UE aprove também o início da segunda fase do diálogo sobre o Brexit na reunião. Segundo o The Guardian, contudo, fontes próximas aos negociadores ainda não estão muito otimistas sobre o progresso na questão financeira.

Os 27 países-membros da UE já afirmaram que a próxima fase de negociações só será iniciada se houver “avanços suficientes” em três questões da separação: a conta da saída, os direitos dos cidadãos e o status da fronteira entre Irlanda e Irlanda do Norte.

Um porta-voz do Ministério para a Saída da UE do Reino Unido afirmou nesta terça que o diálogo entre as partes continuará ocorrendo nesta semana e que os dois lados esperam chegar a um acordo.

Nos últimos dias, o status da fronteira irlandesa tem voltado a se tornar um empecilho para avançar nas negociações. O comissário europeu para Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, alertou nesta semana que Dublin pressionará para vetar esse avanço se o Reino Unido não der garantias da instalação de controles fronteiriços após o Brexit.

(Com EFE)