Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Reino Unido detecta segunda mutação de coronavírus: ‘preocupante’

A informação foi divulgada nesta quarta-feira 23 pelo secretário de saúde britânico, Matt Hancock

Por Ernesto Neves Atualizado em 23 dez 2020, 15h08 - Publicado em 23 dez 2020, 14h57

O Reino Unido detectou uma segunda variante do coronavírus. A notícia foi divulgada nesta quarta-feira 23 pelo secretário de saúde britânico, Matt Hancock.

Até o momento, dois casos foram identificados, ambos de passageiros que estiveram na África do Sul nas últimas semanas. 

“A nova variante é muito preocupante porque é ainda mais transmissível e parece ter sofrido mais mutação do que a primeira nova cepa descoberta no Reino Unido”, afirmou Hancock. 

No pronunciamento, o secretário pediu que qualquer pessoa que tenha estado na África do Sul ou entrado em contato com alguém que viajou ao país precisa se colocar em quarentena imediata.

Também nesta quarta-feira, autoridades britânicas anunciaram que estão suspensos todos os voos com origem na África do Sul.

O Reino Unido está praticamente isolado do resto do planeta, após a descoberta de uma nova cepa do coronavírus capaz de se espalhar em velocidade 70% maior.

No último fim de semana, o primeiro-ministro Boris Johnson apertou as medidas de isolamento social para conter o alastramento da variante. Cientistas britânicos, porém, garantem que a cepa já se espalhou por todo o país.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade