Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reino Unido convoca seu embaixador na Síria para consultas (Hague)

O Reino Unido convocou para consultas seu embaixador na Síria devido ao prosseguimento da violenta repressão aos protestos, assim como o embaixador desse país em Londres, anunciou nesta segunda-feira no Parlamento o ministro das Relações Exteriores, William Hague.

“Convoquei hoje (segunda-feira) para consultas em Londres o nosso embaixador em Damasco. Ele e sua equipe trabalham em condições sumamente difíceis para nos assegurar que tenhamos uma ideia precisa do que ocorre na Síria”, anunciou Hague.

Hague compareceu ante os deputados dois dias depois de Rússia e China terem vetado uma resolução sobre a Síria no Conselho de Segurança das Nações Unidas, pouco depois de um massacre de civis na cidade de Homs.

“Utilizaremos os canais que nos restam com o regime sírio para deixar clara a nossa aversão à violência, que é completamente inaceitável para o mundo civilizado”, ressaltou Hague. “O embaixador da Síria em Londres foi convocado hoje ao Foreign Office (Ministério das Relações Exteriores) para que receba esta mensagem”, disse.

Ele acrescentou, no entanto, que, apesar da “deterioração das relações” com Damasco, o governo britânico seguirá “garantindo a segurança de sua embaixada e de seu pessoal em Londres”.

“Esperamos que as autoridades sírias forneçam a mesma proteção a nossa embaixada em Damasco”, acrescentou.

Pelo menos 34 civis e três soldados morreram nesta segunda-feira na Síria, 24 deles em Homs, onde o Exército lançou um novo ataque contra esse bastião opositor.