Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rei da Espanha chega à Rússia para promover negócios e investimentos

Moscou, 18 jul (EFE).- O rei da Espanha, Juan Carlos I, chegou nesta quarta-feira a Moscou, liderando uma delegação composta por membros do governo e empresários, para uma visita oficial na qual receberá um prêmio por seu papel na transição espanhola.

O avião da Força Aérea Espanhola que trazia o monarca à capital russa aterrissou por volta das 17h30 locais (10h30 de Brasília) no aeroporto de Vnukovo, informaram à Agência Efe fontes diplomáticas espanholas.

A delegação inclui os ministros das Relações Exteriores e de Cooperação, José Manuel García-Margallo, e de Indústria, José Manuel Soria, assim como o secretário de Estado de Comércio, Jaime García-Legaz, e o alto comissário para a Marca Espanha, Carlos Espinosa de los Monteros.

Já o setor empresarial espanhol é representado na viagem por executivos de companhias como OHL, FCC, Indra, Talgo, Iberdrola e Técnicas Reunidas, entre outras.

Ainda hoje, o rei se reunirá com o prefeito de Moscou, Sergei Sobianin, promotor de um multimilionário e ambicioso programa de modernização das infraestruturas da capital russa, do qual poderiam participar empresas espanholas.

Depois, o chefe de Estado espanhol se encontrará com o ex-presidente e atual primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, no palacete de Morozov, que na época da União Soviética abrigou, durante quase meio século, a já extinta Casa da Amizade com os Povos Estrangeiros.

De lá, Juan Carlos I irá ao Kremlin, onde receberá das mãos do presidente russo, Vladimir Putin, o Prêmio Estatal da Rússia por sua ‘atividade humanista’ e papel na transição espanhola.

A distinção lhe foi conferida por Medvedev, então presidente russo, no dia 23 de fevereiro de 2011, coincidindo com o 30º aniversário da tentativa de golpe de Estado na Espanha protagonizado pelo coronel Tejero.

O rei ‘Juan Carlos é símbolo de reconciliação em um país marcado pela Guerra Civil. Seu mérito foi convencer e explicar a todos que o povo é um só’, afirmou então o diretor do museu Hermitage, Mikhail Piotrovski, vice-presidente do Conselho de Cultura e Arte ligado à Presidência russa.

Imediatamente depois da cerimônia da entrega do prêmio, o monarca espanhol se reunirá com o chefe do Kremlin. EFE