Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rebeldes tuaregues anunciam ‘fim das operações militares’ no Mali

Por Issouf Sanogo - 4 abr 2012, 19h07

O Movimento Nacional de Libertação de Azawad (MNLA), importante componente da rebelião tuaregue no norte do Mali, proclamou nesta quarta-feira à noite “o fim” de suas “operações militares” nessa parte do país.

O MNLA “decide unilateralmente proclamar o fim das operações militares a partir de quinta-feira à meia noite”, afirmou o movimento em um comunicado publicado na noite de quarta-feira em seu site.

A decisão foi tomada “após a libertação completa do território de Azawad e dada a forte demanda da comunidade internacional, principalmente do Conselho de Segurança da ONU, Estados Unidos, França e Estados da sub-região”, explica o texto.

O MNLA “convida portanto os Estados da sub-região e a comunidade internacional a proteger o povo de Azawad de todas as agressões do Mali”, conclui o comunicado assinado em Gao, cidade do norte do país capturada no sábado pela rebelião tuaregue e grupos islamitas.

Continua após a publicidade

O MNLA, que se apresenta como um movimento laico, busca constituir um Estado tuaregue no norte do Mali.

Publicidade