Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rainha abre as portas do Palácio de Buckingham para visitação… on-line

A experiência, acessível para todo o mundo, transporta os visitantes virtuais aos quartos e corredores da residência da rainha Elizabeth II

Por Da Redação 20 jan 2016, 14h29

O interior do Palácio de Buckingham agora poderá ser explorado pelos internautas de todo o mundo graças a um tour virtual realista, criado por um projeto do Google. O tour foi divulgado nessa quarta-feira e guiará os visitantes por alguns dos majestosos quartos do histórico edifício londrino.

A experiência, acessível para todo o mundo, transportará o visitante virtual ao coração da residência da rainha Elizabeth II e permitirá contemplar algumas das pinturas de grandes nomes expostas em suas paredes. O tour começa na parte baixa da escada principal do palácio e exibe uma panorâmica de 360 graus do interior do edifício. Além disso, é possível conhecer outros cômodos da residência oficial da monarquia britânica, como as denominadas salas verde e branca, e a salão de festas.

Leia também:

Grã-Bretanha: Imigrantes devem melhorar seu nível de inglês ou serão deportados

Inglaterra pode abandonar ‘God Save The Queen’ e ter novo hino

Continua após a publicidade

25 mil ingressos são vendidos para aniversário de 90 anos da rainha Elizabeth II

Para tirar as fotos do edifício real, dezesseis câmeras foram espalhadas pelo palácio de forma circular. As imagens tiradas foram posicionadas lado a lado, permitindo que os visitantes observem os cômodos em todas as direções, como se estivessem mesmo na sala. A tecnologia de alta resolução é tão sofisticada que é impossível ver a sobreposição entre as fotos, oferecendo aos internautas uma experiência extremamente realista.

O Google também criou uma experiência similar para os estudantes britânicos, um programa pioneiro chamado “Expedição”, em que são os professores quem ditam as fases do tour e destacam os temas de interesse para seus alunos. “Estamos muito esperançosos que, graças ao potencial da realidade virtual da Expedição do Google, as crianças, seus professores e famílias possam visitar o palácio em qualquer momento que desejarem”, afirmou hoje à imprensa local Jemima Rellie, diretora de conteúdos e audiências na Royal Collection Truste – organização que administra o patrimônio da família real britânica -, que colaborou com o Google no projeto.

Os interessados em visitar a residência da Rainha poderão fazer isso se conectando ao canal do YouTube da monarquia britânica.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade