Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Queda de Kadhafi foi ‘obra de líbios comuns e valentes’ (Hillary)

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, felicitou neste domingo a “libertação” da Líbia e classificou o feito como produto do “trabalho dos líbios comuns e valentes” que conseguiram “rebelar-se” ante mais de 40 anos de opressão.

“O povo líbio soube exigir valentemente o respeito de sua liberdade e de sua dignidade”, disse Hillary.

“Este é um momento histórico, mas há muito por fazer. O processo de formar um novo governo representativo que responda ante seu povo deve refletir o mesmo espírito da revolução. O Conselho Nacional de Transição deverá trabalhar para anunciar este governo o quanto antes”, disse a chefe de política exterior dos Estados Unidos.

“As autoridades de transição podem contribuir com este processo promovendo a reconciliação e respeitando os direitos humanos na sociedade líbia, ajudando a prevenir represálias e assegurando a justiça”, disse. “Este é o processo que o povo líbio espera e merece”, completou.

Hillary afirmou que o caminho à democracia é um processo de longo prazo que requer a participação de todos os líbios. Ao mesmo tempo, dezenas de pessoas corriam pelas ruas de Trípoli para celebrar as declarações feitas pelos dirigentes do país sobre os novos rumos a serem tomados pela Líbia, três dias depois da captura e morte de Kadhafi em sua cidade natal, Sirte.

A tão esperada declaração de “libertação” da Líbia ocorre em meio em meio a um momento de forte polêmica em relação às circunstâncias da morte de Kadhafi. Ainda não está claro se ele foi executado por aqueles que o capturaram ou se morreu em meio a um fogo cruzado entre seus guardas e os revolucionários.