Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Queda de helicóptero mata suspeito de chacina em Goiás e mais 7 pessoas

São Paulo, 8 mai (EFE).- O helicóptero que levava para Goiânia os participantes da reconstituição da chacina ocorrida há duas semanas na região de Doverlândia caiu na tarde desta terça-feira a 25 quilômetros da cidade de Piranhas, no sudoeste de Goiás, e o acidente provocou a morte de todos os ocupantes da aeronave, segundo a Polícia Civil.

Entre eles estava o suspeito de ter degolado sete pessoas em uma fazenda no último dia 28, Aparecido Souza Alves. De acordo com o governo estadual, também estavam na aeronave os delegados Jorge Moreira, Osvalmir Carrasco, Vinícius Batista, Bruno Carneiro e o superintendente da Polícia Judiciária, Antônio Gonçalves, além dos peritos Marcel de Paula e Fabiano de Paula.

O assessor da Polícia Civil, Norton Luiz Ferreira, disse em nota oficial que o helicóptero teria passado ontem por uma revisão. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Justiça, houve uma explosão durante o voo.

Após tomar conhecimento do acidente, o governador Marconi Perillo decretou luto oficial de três dias no Estado. EFE