Clique e assine a partir de 9,90/mês

Quase 90 mil menores buscaram asilo na Europa em 2015

Segundo relatório da União Europeia, a maioria desses jovens desacompanhados é do sexo masculino, tem entre 16 a 17 anos e saiu do Afeganistão ou da Síria

Por Da Redação - 2 Maio 2016, 16h46

Quase 90.000 menores desacompanhados pediram asilo na Europa em 2015, um número quatro vezes maior do que o registrado no ano anterior. É o que mostra um relatório da agência de estatísticas da União Europeia divulgado nesta segunda-feira. Segundo o documento, a maioria (91%) desses jovens refugiados é do sexo masculino e mais da metade (57%) tem entre 16 e 17 anos. O levantamento ainda aponta que as crianças e adolescentes saíram principalmente do Afeganistão e da Síria.

A nação europeia que mais recebeu refugiados em 2015 foi a Suécia, local de quatro em cada dez pedidos de asilo, seguida da Alemanha, Hungria e Áustria. Juntos, os quatro países somam 75% de todos os menores desacompanhados que desembarcaram no continente.

Leia também:

Macedônia envia mais de mil refugiados de volta à Grécia

Continua após a publicidade

Como as guerras acabam (se é que acabam)

Conflito na Síria completa cinco anos; relembre os principais fatos

A chegada à Europa, porém, não significa segurança para muitas das crianças e adolescentes refugiados. A agência de inteligência criminal da União Europeia, a Europol, indicou em janeiro que 10.000 menores teriam desaparecido após desembarcar no continente – muitos deles possivelmente foram sequestradas por gangues criminosas.

(Da redação)

Publicidade