Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Quase 75% dos letãos não querem russo como segunda língua oficial

Por Da Redação 19 fev 2012, 04h32

Vilnius, 19 fev (EFE).- Quase 75% dos habitantes da Letônia é contra transformar o russo em segundo idioma oficial da república báltica ex-soviética, hoje membro da União Europeia.

De acordo com os últimos resultados oficiais parciais anunciados neste domingo pela Comissão Eleitoral Central e baseados na apuração em 1.027 dos 1.035 colégios eleitorais, contra o russo como idioma oficial votaram 820.572 pessoas, 74,77% dos participantes do plebiscito do sábado.

Um total de 273.327 pessoas, 24,91% dos eleitores, se pronunciou a favor de igualar o uso do idioma russo ao letão.

O plebiscito marcou um recorde de participação com 1.087.284 pessoas.

Até agora, a consulta popular que contou com maior participação foi o referendo de 2003 sobre a adesão à União Europeia, com 1.010.906 participantes, equivalentes então a 71,49% dos cidadãos com direito a voto.

Segundo diversas estimativas, na Letônia há também cerca de 300 mil habitantes de origem não autóctone aos quais as autoridades consideram ‘não cidadãos’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade