Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Quase 10.000 voos já foram cancelados por causa da neve

As fortes nevascas ainda trazem prejuízos ao funcionamento dos aeroportos - embora eles estejam, gradualmente, voltando ao seu ritmo habitual

Por Da Redação 29 dez 2010, 09h07

As fortes nevascas que atingem os Estados Unidos já provocaram o cancelamento de quase 10.000 voos no total, embora os aeroportos do país estejam gradualmente voltando ao seu ritmo habitual. Somente no domingo, mais de 2.000 voos foram cancelados, e os sistemas de transporte ferroviário e rodoviário também foram profundamente afetados.

Representantes das companhias AirTran, American, Continental, Delta Air Lines, JetBlue, United, U.S. Airways, Spirit e Southwest reportaram um total de 9.726 voos cancelados desde sábado devido ao mau tempo. Destes, pelo menos 1.335 foram suspensos na terça-feira, quando a maioria dos aeroportos da região nordeste dos EUA começava a se normalizar.

“Com todos os cancelamentos e atrasos, vamos precisar de dois ou três dias antes de voltar à programação habitual”, disse Thomas Bosco, diretor geral do Aeroporto LaGuardia, em Nova York. Segundo ele, desde a tarde de terça-feira, o aeroporto ainda está operando abaixo de seu ritmo normal, de 70 voos por hora.

Na terça, os voos do Brasil para os Estados Unidos voltaram a decolar. Aqueles que tinham como destino o aeroporto de Nova York, os mais prejudicados, começaram a partir do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, durante a noite de segunda.

Continua após a publicidade

Publicidade