Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Quadrilha que vendia crianças a pedófilos é desarticulada na Alemanha

Rede internacional de tráfico de menores era camuflada como organização humanitária

Por Da Redação 15 abr 2011, 15h53

A polícia alemã desarticulou uma rede internacional de tráfico de crianças procedentes da América Latina, informou nesta sexta-feira o jornal Berliner Morgenpost. Dois membros da quadrilha foram detidos nesta semana no aeroporto de Munique quando tentavam entrar no país com um menino costarriquenho. A polícia comprovou a falsidade dos papéis da criança, que viajava com documentação brasileira. Os dois vivem em Berlim, um deles é alemão e o outro é um cidadão sueco. Ambos foram apresentados ao juiz de instrução.

A quadrilha vendia crianças latinas a pedófilos sob a fachada de uma organização humanitária, fundada por um dos detidos, que dizia ajudar os infantes que perderam suas famílias no terremoto que devastou o Haiti em 2010. “As crianças eram atraídas a Berlim com o argumento de que teriam uma vida melhor. Alguns deles são órfãos”, declarou uma fonte policial, sem especificar quantos menores podem ter sido vítimas da rede.

As crianças passavam das mãos de um pedófilo a outro e depois de três meses voltavam a seus países de origem com “danos psíquicos inimagináveis”. O Escritório de Investigação Criminal de Berlim busca agora reunir mais informações sobre a estrutura da quadrilha para desmascarar seus membros. Porém, ainda não se sabe qual é a dimensão da rede pedófila recém-desarticulada nem o tamanho da clientela. “Quem faz o esforço de trazer de outros países menores com o objetivo de abusar sexualmente deles não só tem de contar com um grande círculo de cúmplices, mas com uma grande influência e apreciáveis meios financeiros”, assinala uma fonte policial.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade