Clique e assine a partir de 8,90/mês

Putin e Kofi Annan se encontram na terça-feira para falar da Síria

O presidente russo vai apoiar o plano de paz proposto pelo mediador internacional, segundo comunicado oficial divulgado neste domingo

Por Da Redação - 15 jul 2012, 09h09

O presidente russo, Vladimir Putin, se reunirá na terça-feira em Moscou com o mediador internacional para a Síria, Kofi Annan, para ressaltar o apoio da Rússia a seu plano de paz, informou neste domingo o governo russo em comunicado.

Segundo a assessoria de imprensa, Annan chegará a Moscou na segunda-feira. A Rússia quer dar um impulso diplomático ao plano de paz para resolver a crise na Síria. “A Rússia parte do princípio que esse plano é a única plataforma capaz de solucionar os problemas internos na Síria”, acrescenta a nota. Annan se reunirá ainda com o ministro das Relações Exteriores, Serguei Lavrov.

Também está previsto que o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, viaje na próxima semana à China, país que, junto com a Rússia, bloqueia qualquer resolução do Conselho de Segurança da ONU contra o regime sírio de Bashar al-Assad.

Leia mais:

Síria: ataque de Treimsa foi contra casas de rebeldes e ativistas (ONU)

Na última sexta-feira, o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Gennady Gatilov, disse que Moscou pedirá ao mediador internacional para a Síria que trabalhe mais ativamente com os grupos opositores sírios para fazê-los negociar com as autoridades do regime do ditador Bashar Assad.

“A verdade é que não vemos nossos parceiros dispostos a trabalhar tão ativamente com a oposição. Kofi Annan é o principal negociador nesse processo, mas infelizmente não vemos resultados práticos de seus contatos com os opositores”, comentou Gatilov em uma entrevista à agência russa Interfax.

(com agências France-Presse e EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade