Clique e assine com até 92% de desconto

Putin acusa oposição de tentar deslegitimar eleições

Por Yana Lapikova 27 dez 2011, 07h50

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, acusou nesta terça-feira a oposição de tentar deslegitimar o processo eleitoral na Rússia e criticou a falta de objetivos claros e líderes.

“Eles não têm um programa unificado, meio claros e compreensíveis para alcançar seus objetivos – que também não são claros – ou pessoas com capacidade de alcançar algo concreto”, declarou Putin.

“E então você tem uma situação na qual as pessoas falam sombre deslegitimar e desvalorizar tudo que acontece na esfera pública, sobretudo as eleições”.

No dia 24 de dezembro, uma grande manifestação da oposição aconteceu no país. No dia 10 de dezembro, milhares de russos também saíram às ruas para protestar contra fraudes nas eleições legislativas de 4 de dezembro.

Além de criticar o processo eleitoral, muitos manifestantes usaram os protestos para reclamar de Putin, a menos de três meses das eleições presidenciais.

Continua após a publicidade
Publicidade