Clique e assine a partir de 8,90/mês

Puigdemont e 4 ex-ministros se entregaram à polícia

Juiz deverá decidir se refuta a ordem de prisão espanhola, se mantém os cinco presos ou se eles poderão responder ao processo em liberdade.

Por Da Redação - 5 nov 2017, 11h49

O líder separatista da Catalunha Carles Puigdemont e outros quatro ex-ministros regionais se entregaram à polícia em Bruxelas. É o que informa a emissora estatal belga VRT neste domingo.

Segundo a VRT, os cinco já chegaram ao Ministério Público de Bruxelas. Autoridades devem dar uma declaração em breve sobre o mandado de prisão europeu emitido para Puigdemont e os outros quatro. De acordo com o porta-voz da promotoria belga, Gilles Dejemeppe, os cinco serão ouvidos por um juiz nesta tarde.

Segundo o o jornal espanhol El País, o processo envolvendo os políticos poderá durar até três meses, e que o juiz responsável pelo caso terá 24 horas para tomar uma decisão se refuta a ordem de prisão espanhola, se mantém os cinco presos ou se eles poderão responder ao processo em liberdade.

Uma juíza espanhola emitiu na sexta-feira uma ordem europeia de busca e captura contra o ex-presidente da Catalunha e quatro de seus ex-ministros, acusados de rebelião e sedição por terem declarado a independência da região.

A magistrada emitiu, a pedido do Ministério Público espanhol, a ordem de prisão de Puigdemont e dos ex-conselheiros Antoni Comín (Saúde), Clara Ponsatí (Educação), Lluís Puig (Cultura) e Meritxell Serret (Agricultura). Além disso, rejeitou o pedido dos cinco para prestarem depoimento por videoconferência. O ex-presidente da Catalunha e seus auxiliares fugiram para a Bélgica após Madri tomar o controle formal da região separatista.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade