Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Promotora denuncia abusos sexuais de 100 crianças no Equador

Dois professores foram acusados de molestarem alunos em escola na cidade Guayaquil; segundo investigações, quatro crianças foram estupradas

Por Da redação
Atualizado em 11 mar 2021, 22h09 - Publicado em 12 out 2017, 12h37

Pelo menos cem crianças sofreram abusos sexuais por dois professores de um colégio da cidade de Guayaquil, no Equador, de acordo com a promotora que denunciou formalmente o caso. De acordo com investigações conduzidas pelo ministério da Educação, ficou constatado que quatro menores, após serem submetidos a exames médicos e psicológicos, foram estuprados.

As primeiras denuncias sobre os crimes sexuais foram feitas pelos pais dos alunos. No dia 6 de outubro, oficiais da divisão da polícia para crimes envolvendo menores entraram à força na escola, após enfrentarem resistência na liberação do acesso. Um dos supostos autores dos abusos foi detido, e o segundo conseguiu fugir.

“Os fatos são vergonhosos, os fatos são terríveis para as crianças, para qualquer pessoa”, disse a promotora do caso Patricia Morejón à rede de televisão “Ecuavisa” em uma entrevista na qual confirmou que o número de vítimas é de mais de cem. Os suspeitos teriam cometido os abusos em horários de recreio nos banheiros do colégio e teriam dado sedativos às vítimas para encobrir os crimes, de acordo com as denúncias dos pais. Além disso, eles teriam feito vídeos e fotos dos menores.

Continua após a publicidade

O ministério da Educação equatoriano investiga a possibilidade de negligência por parte dos responsáveis pela escola ao não reportarem os fatos. A escola não se manifestou a respeito do ocorrido.

(Com EFE) 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.