Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Príncipe William forma-se capitão da Força Aérea britânica

Segundo na linha de sucessão à coroa passou por testes teóricos e práticos

Por Da Redação 7 jun 2012, 08h48

O príncipe William da Inglaterra formou-se capitão do Real Força Aérea Britânica (RAF), na qual serve como piloto de busca e resgate. O neto da rainha Elizabeth II, de 29 anos, segundo na linha de sucessão à coroa britânica, completou os exames para se tornar capitão no dia 29 de maio, informou nesta quinta-feira a assessoria da Clarence House, residência dos duques de Cambridge, William e Kate.

“O tenente Wales (nome do príncipe como militar) comandará a partir de agora operações de busca e resgate na RAF em helicópteros Sea King”, diz o comunicado oficial. Um porta-voz do Ministério da Defesa britânico, por sua vez, explicou que o príncipe William teve de demonstrar “uma ampla gama de habilidades” para conseguir sua qualificação como capitão, tanto teóricas como práticas.

O duque de Cambridge participou de várias simulações de resgate que incluíram a busca de um iate acidentado, a localização de dois caiaques à deriva, o resgate de várias pessoas no mar e o controle de um incêndio em uma embarcação de pesquisa.

Malvinas/Falkland – Também neste ano, o filho mais velho do príncipe Charles completou um treinamento de seis semanas como piloto de helicóptero nas Ilhas Malvinas/Falkland. A manobra militar irritou as autoridades argentinas, que alegam que o arquipélado é um território argentino ocupado, e consideraram a viagem do príncipe William uma “provocação”.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade