Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primeiros resultados apontam vitória do ‘não’ na Escócia

Levantamento indicou que 'não' tem 54% da preferência do eleitorado

(Atualizada às 22h58)

O resultado oficial do plebiscito de independência na Escócia deve ser conhecido apenas na madrugada desta sexta-feira, pelo horário de Brasília, mas as primeiras apurações locais começam a ser divulgadas.

O condado de Clackmannanshire foi o primeiro a anunciar o resultado oficial, com 19.036 votos ‘não’, correspondentes a 53,8%, e 16.350 votos ‘sim’, ou 46,2%. O índice de comparecimento foi de 89%. Segundo o jornal The Guardian, a campanha separatista apostava em uma vitória na localidade, que não se confirmou. No entanto, o peso na votação total é pequeno, já que o condado representa apenas 0,9% do eleitorado.

O resultado em Clackmannanshire segue a previsão do instituto YouGov, que mostrou vitória do ‘não’ com 54% dos votos, contra 46% para o ‘sim’. Pesquisas de boca-de-urna não são permitidas, desta forma, o levantamento do instituto foi feito por meio de uma consulta a eleitores que responderam a pesquisas realizadas antes do plebiscito.

Em Orkney, o ‘não’ também ficou na frente, com 10.004 votos contra 4.883 para o ‘sim’. O índice de participação foi de 83,7%, segundo a rede BBC.

Leia também:

Plebiscito põe à prova utopia de independência escocesa

Cameron diz que não vai renunciar se o ‘sim’ vencer

Celebridades opinam sobre a independência escocesa

Cameron diz que não renunciará se o ‘sim’ vencer no plesbicito escocês​

Trem do Harry Potter e outras atrações da Escócia​

Ao longo de 15 horas nesta quinta, os mais de 4 milhões de eleitores registrados puderam responder à pergunta “A Escócia deve ser um país independente?”. Pesquisas pré-votação indicavam uma vitória do ‘não’, com margem entre quatro e seis pontos percentuais. Uma maioria simples é suficiente para determinar o resultado do plebiscito.

Pela primeira vez, jovens de 16 e 17 anos de idade foram autorizados a votar. Mais de 5.500 sessões de votação foram espalhadas por 32 distritos