Clique e assine a partir de 9,90/mês

Primeiro-ministro britânico diz que ‘é hora de passar à ação’ na Líbia

David Cameron falou ao fim da Cúpula de Paris, reunião de países aliados contra a Líbia

Por Da Redação - 19 mar 2011, 14h01

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, declarou neste sábado que “é hora de passar à ação” na Líbia, em uma entrevista concedida às emissoras de TV Sky News e BBC, no final da cúpula em Paris sobre uma possível intervenção militar aérea contra o regime.

“Era o que Kadafi queria. Mentiu para a comunidade internacional ao prometer o cessar-fogo. Continua maltratando seu povo, por isso, é o momento de passar à ação de forma urgente”, declarou Cameron.

O primeiro-ministro conservador insistiu que o líder líbio não cumpriu a promessa depois de anunciar o cessar-fogo, depois que se adotou na quinta-feira uma resolução da ONU que autoriza uma intervenção militar contra o regime de Muanmar Kadafi. “Devemos executar a vontade da ONU e não podemos permitir que se continue massacrando os civis”, prosseguiu o chefe do Executivo britânico.

(Com Agência France Presse)

Publicidade