Clique e assine com 88% de desconto

Primeiro avião com refugiados sírios chega ao Canadá

Primeiro-ministro canadense, Justin Trudeu esteve no aeroporto de Toronto para receber 163 imigrantes. Até o fim de 2015, país deve acolher 10 000 refugiados

Por Da Redação - 11 dez 2015, 07h59

Um avião militar canadense com 163 sírios que estavam refugiados no Líbano aterrissou na madrugada desta sexta-feira no aeroporto de Toronto, no Canadá. Essa foi a primeira de uma série de viagens que vai transferir 10 000 imigrantes ao país até o fim deste ano. Os passageiros foram recebidos em uma área especial do aeroporto pelo primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, que se comprometeu em realocar no país um total de 25 000 imigrantes antes de março de 2016.

Além de Trudeau, ministros de seu gabinete e voluntários também aguardavam os sírios no aeroporto. O primeiro-ministro garantiu que os refugiados serão residentes legais e permanentes do país a partir do momento em que pousarem no Canadá, e que poderão obter cidadania canadense em quatro anos. A previsão é a de que um segundo avião militar com mais 200 imigrantes da Síria aterrisse neste sábado em Montreal.

Leia também:

Premiê do Canadá divide ministérios igualmente entre homens e mulheres

Publicidade

Durante a campanha eleitoral, que terminou no dia 19 de outubro com a vitória do Partido Liberal de Trudeau, o primeiro-ministro tornou a acolhida de refugiados sírios no país em um dos principais pontos de seu programa. Ele lembrou o histórico do Canadá em abrir as portas para refugiados ao longo do século XX. A última vez havia sido na década de 1970, quando a nação aceitou, em poucos meses, cerca de 60 000 imigrantes vietnamitas.

Os primeiros 10 000 refugiados sírios que chegarão ao Canadá antes do fim de 2015 serão bancados por indivíduos e associações, que devem destinar cerca de 80 000 reais para cada família de quatro pessoas que desembarcar no país. Os outros 15 000 imigrantes que serão recebidos entre janeiro e fevereiro do ano que vem serão refugiados governamentais.

(Com agência EFE)

Publicidade