Clique e assine a partir de 9,90/mês

Primeira governadora LGBT é eleita no Oregon

A democrata Kate Brown foi eleita com 50% dos votos no Estado americano

Por Da redação - 9 nov 2016, 14h06

Pela primeira vez na história dos Estados Unidos uma governadora assumidamente LGBT foi eleita no país. A democrata Kate Brown já era governadora do Oregon desde 2012, mas assumiu após a renúncia do antigo titular do cargo, John Kitzhaber, e foi eleita pela população de seu Estado nessa terça-feira com 50% dos votos.

Kate, que é bissexual, era Secretária de Estado de Oregon e teve de assumir o cargo de governadora após um escândalo de tráfico de influência obrigar Kitzhaber a renunciar. Como o Estado não tem um vice-governador, Brown era a próxima na linha de sucessão.

Em maio deste ano, Kate fez um discurso durante uma cerimônia de formatura na Universidade Willamette e falou sobre os anos que passou antes de assumir sua bissexualidade publicamente, nos anos 90. Segundo relatou, ia trabalhar todos os dias com medo de perder seu emprego como advogada caso alguém descobrisse que estava saindo com uma mulher.

A governadora só teve sua orientação sexual revelada publicamente quando o jornal The Oregonian publicou uma reportagem sobre todos os legisladores do Estado que pertenciam a comunidade LGBT. Hoje, casada com seu marido Dan Little há 20 anos, Kate fala sobre sua sexualidade em entrevistas e palestras, mas sempre de forma discreta.

Continua após a publicidade

Brown não foi a primeira política LGBT a servir como governadora nos Estados Unidos. O ex-governador de New Jersey Jim McGreevey se assumiu homossexual em 2004, após quatro anos de mandato. No entanto, Kate se tornou a primeira ganhar uma eleição governamental. Ela concorria contra o republicano Bud Pierce, que conquistou 44% dos votos do Estado, e agora tem um mandato de dois anos pela frente.

Publicidade