Clique e assine a partir de 9,90/mês

Primárias democratas em Iowa começam com suspense sobre resultado

Partido Democrata alegou 'inconsistências no envio dos números' em incomum demora para divulgação do vencedor em Iowa

Por Da Redação - Atualizado em 4 fev 2020, 07h29 - Publicado em 4 fev 2020, 05h46

A expectativa de que o resultado das primárias democratas em Iowa fosse divulgada ainda na noite desta segunda-feira, 3, não foi cumprida, o que causou confusão e apreensão nas campanhas dos principais candidatos do partido para as eleições presidenciais nos Estados Unidos deste ano.

Por volta das 19h (22h em Brasília) desta segunda, os eleitores se reuniram para começar a escolher o adversário do atual presidente Donald Trump. Horas depois, nenhuma parcial dos resultados havia sido divulgada, algo incomum no processo. Para se ter ideia, em 2016, após três horas do fim da votação, 90% dos resultados já eram conhecidos.

O fato fez uma fonte do Partido Democrata afirmar à rede CNN que o resultado deve ser divulgado “em algum momento” desta terça-feira, 4. Foi descartada pelo partido a possibilidade de que o atraso aconteceu por causa de um ataque hacker ou outro tipo de invasão no sistema. Segundo o partido, a demora acontece por “inconsistências no envio dos números”.

Ainda no fim da noite, os principais candidatos, como Bernie Sanders, que liderava as últimas pesquisas, Joe Biden, Elizabeth Warren, Pete Buttigieg e Amy Klobuchar fizeram seus discursos de agradecimentos aos apoiadores mesmo sem os resultados oficiais.

A votação desta segunda não foi feita com cédulas, mas por meio de assembleias comunitárias de eleitores conhecidas como caucus.

Após o estado no centro dos Estados Unidos, a próxima disputa de primárias democratas será no estado de New Hampshire, em 11 de fevereiro.

Continua após a publicidade
Publicidade