Prévias de Iowa abrem primárias da corrida presidencial americana

As pesquisas mostram que a disputa entre os republicanos Donald Trump e Ted Cruz e os democratas Hillary Clinton e Bernie Sanders será apertada

Por Da Redação - 1 fev 2016, 19h58

Com a realização do caucus do Estado de Iowa, começa nesta segunda-feira o processo de eleições primárias que vai escolher os candidatos dos partidos Republicano e Democrata à presidência dos Estados Unidos. A partir das 19h (hora local, 23h de Brasília) os cerca de 2 milhões de eleitores registrados em uma das duas legendas em Iowa poderão ir às urnas – o voto é facultativo – para escolher qual pré-candidato querem que chegue à disputa final da corrida à Casa Branca, em 8 de novembro. Espera-se que apenas entre 200.000 e 300.000 pessoas compareçam aos quase 1.700 distritos eleitorais dos 99 condados do Estado.

Caucus é uma convenção partidária em que eleitores registrados pelos partidos se reúnem em locais determinados, que podem ser escolas, clubes, igrejas e até residências, e os representantes de cada pré-candidato fazem um breve discurso, expondo seus pontos de vista para convencer o maior número possível de presentes.

Leia mais:

Quais são as reais chances de Trump ganhar?

Publicidade

Entenda as eleições primárias americanas

Sem um presidente na busca de reeleição, a disputa de 2016 torna-se uma das mais competitivas. Pelo Partido Democrata, a senadora por Nova York, ex-secretária de Estado e ex-primeira-dama Hillary Clinton e o senador (pelo Estado de Vermont) Bernie Sanders chegam praticamente empatados nas pesquisas, com 45% e 42% das intenções de voto, respectivamente. Por isso, a capacidade de mobilização pode ser crucial para o resultado.

No lado republicano, o magnata Donald Trump tem 28% de apoio e 5 pontos porcentuais de vantagem sobre o senador Ted Cruz, segundo a mais recente pesquisa do jornal local Des Moines Register.

Iowa representa uma pequena porcentagem do número total de delegados de cada partido que elegerão o candidato presidencial nas convenções nacionais de julho, mas, por ser o primeiro a realizar as prévias, ganha destaque na imprensa. A exposição favorece os vencedores com doações e visibilidade na campanha.

Publicidade

Em 2008, última vez que Iowa teve uma primária de grande repercussão, os ganhadores foram Barack Obama (que superou Hillary Clinton na indicação do Partido Democrata) e Mike Huckabee, um ex-governador republicano próximo aos evangélicos. Quem conseguiu chegar à disputa final pelo Partido Republicano, no entanto, foi o senador John McCain, que ficou apenas em quarto no caucus daquele Estado. Em 2012, quando apenas os republicanos disputavam a indicação para enfrentar Obama nas eleições, Mitt Romney venceu Rick Santorum por uma margem estreita.

Leia também:

Adele quer que Donald Trump pare de tocar suas músicas em campanha eleitoral

Publicidade