Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente Xi Jinping promete “nova era” para política da China

Em discurso no Congresso do Partido Comunista, o líder defendeu a autoridade dos socialistas no país

O presidente da China, Xi Jinping, anunciou o início de uma “nova era” na política chinesa no primeiro dia do Congresso do Partido Comunista. O líder pediu aos chineses o combate a qualquer ameaça à autoridade do partido.

“Cada um de nós deve fazer mais para defender a atualidade do partido e do sistema socialista chinês e opor-se decididamente a qualquer palavra e ação para miná-los”, afirmou o presidente chinês, diante dos quase 2.300 membros reunidos para a grande assembleia quinquenal do partido que governa o país.

Em seu discurso de quase três horas e meia, o presidente enfatizou que a China viveu “mudanças históricas” desde o último congresso, em 2012, e destacou que 60 milhões de pessoas saíram da pobreza no país nestes cinco anos. Também exaltou o crescimento econômico contínuo e estável, o reforço das forças armadas e a crescente presença dos chineses no exterior.

Em uma mensagem ao resto do mundo, Xi, que receberá no próximo mês o presidente americano, Donald Trump, afirmou que seu país vai se abrir “ainda mais” e prometeu um tratamento “igualitário” para as empresas estrangeiras. Também disse que está determinado a prosseguir com a modernização militar para “tornar o exército popular um exército de primeira ordem” até 2050.

O XIX Congresso do Partido Comunista Chinês deve renovar por cinco anos o mandato de Xi como secretário-geral da legenda, o que inclusive pode permitir que ele tenha um período no poder ainda mais longo. O limite de idade de 68 anos imposto aos membros do politburo – a instância de 25 integrantes que governa a China – poderia efetivamente desaparecer para Xi Jinping, que terá 69 anos no próximo congresso de 2022.

Taiwan

No discurso, o presidente também advertiu o vizinho Taiwan sobre o desejo de uma separação definitiva da China. Ele afirmou que Pequim “tem os meios para vencer as tentativas separatistas a favor da independência taiwanesa”.

Ainda assim, afirmou que “respeita o sistema social atual e o estilo de vida” da população do território separado unilateralmente da China em 1949. “Estamos dispostos a compartilhar primeiro com eles as oportunidades brindadas pelo desenvolvimento da parte continental”, afirmou Xi.

(Com AFP e EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    A China vai se erguer quando o Partido Comunista Chines cair e as forças democráticas e livres do povo chines assumirem o poder. China Livre!

    Curtir