Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente uruguaio ratifica apoio à entrada da Venezuela no Mercosul

O presidente uruguaio, José Mujica, ratificou a decisão de seu país de apoiar a entrada da Venezuela no Mercosul após a suspensão do Paraguai do bloco, publicou nesta quarta-feira a imprensa local.

“Embora seja verdade que quem pediu a reunião reservada foi Dilma (Rousseff), concordamos os três (presidentes, de Argentina, Brasil e Uruguai), quanto à entrada da Venezuela ao bloco”, declarou Mujica ao jornal La República sobre a cúpula do Mercosul realizada na semana passada.

“O político superava largamente o jurídico”, disse Mujica sobre o contexto vivido na semana passada na cúpula em Mendoza (oeste da Argentina) do Mercosul, bloco do qual o Paraguai foi suspenso após a destituição de Fernando Lugo, e que levou à aprovação de entrada da Venezuela em uma reunião que será realizada no Rio de Janeiro no dia 31 de julho.

A entrada da Venezuela no Mercosul não havia sido ratificada pelo Senado paraguaio, algo que já havia sido feito pelos legislativos de Argentina, Brasil e Uruguai.

O Mercosul foi constituído em 1991 após a assinatura do denominado Tratado de Assunção entre Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.