Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Presidente Saleh voltará ao Iêmen para votar nas eleições do dia 21

Por Da Redação 8 fev 2012, 11h31

Sana, 8 fev (EFE).- O presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh, que se encontra nos Estados Unidos recebendo tratamento médico, voltará a seu país para votar nas eleições do próximo dia 21, às quais se apresenta como único candidato o vice-presidente Abdel Rabu Mansur Hadi.

Saleh ‘quer praticar seus direitos democráticos votando como um cidadão normal’, disse à Agência Efe um porta-voz do governante Partido do Congresso Geral Popular, Abdel Hafiz Al Nahari.

Al Nahari destacou que com este gesto Saleh procura ‘mostrar uma postura democrática’ e garantir ‘uma transferência pacífica de poderes’, além de se envolver em todo o processo.

No dia 22 de janeiro, Saleh, de 69 anos, abandonou o Iêmen rumo aos EUA para continuar o tratamento dos ferimentos sofridos em um atentado que aconteceu em junho contra o palácio presidencial em Sana.

O presidente já tinha expressado sua intenção de retornar a seu país para as eleições, aos quais se apresenta apenas Hadi, que na terça-feira deu o sinal de saída a sua campanha eleitoral.

Hadi administra os assuntos do Iêmen desde que Saleh assinou em novembro o acordo de transferência do poder promovido pelo Conselho de Cooperação do Golfo (CCG).

Segundo esta iniciativa, Hadi ocupará a Presidência de maneira interina por dois anos, período durante o qual deverá modificar a Constituição e realizar eleições gerais para escolher um novo Parlamento e um Chefe de Estado.

Iêmen, o país mais pobre da península Arábica, vive uma situação de crise há um ano quando começou a revolta popular contra o regime de Saleh, que exerceu o poder desde a unificação entre o norte e o sul em 1990, embora já fosse governante do Iêmen do Norte desde 1978. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade