Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente iraquiano fará tratamento na Alemanha

Transferência de Jalal Talabani deve ocorrer até o fim desta semana

O presidente iraquiano, Jalal Talabani, de 79 anos, será transferido para a Alemanha para receber tratamento. Ele foi hospitalizado na segunda-feira em Bagdá, depois de sofrer um ataque cardíaco. O porta-voz da presidência, Barazan Sheikh Othman, disse que o estado de saúde do presidente melhorou e que ele “superou o estágio mais perigoso”. A transferência deverá ocorrer na quinta ou na sexta-feira.

Talabani sofreu vários problemas de saúde nos últimos anos. Passou por uma cirurgia cardíaca nos Estados Unidos em agosto de 2008. Um ano antes havia recebido um tratamento por desidratação e esgotamento. Ele também recebeu atendimento médico nos Estados Unidos e na Europa por problemas de saúde.

A doença do presidente surge em um momento de aumento das tensões políticas entre o governo central liderado por árabes e a região semiautônoma curda, no norte do país. Talabani, primeiro presidente curdo do país, é visto como uma figura agregadora, que ajudou a evitar a desintegração da frágil união nacional no Iraque, que inclui xiitas e sunitas, além dos curdos.

Nas últimas semanas, ele tem mediado a disputa provocada pela tentativa do governo de aumentar seu controle sobre o território rico em petróleo nos arredores da cidade de Kirkuk. A região é reivindicada tanto por árabes como pelos curdos.

Na segunda-feira, o presidente reuniu-se com o primeiro-ministro Nouri Maliki para discutir os problemas políticos do país. Os dois ressaltaram a importância de se buscar uma solução com base no “espírito da constituição e em acordos nacionais”.

A constituição iraquiana prevê que um dos dois vice-presidentes assumirá a presidência temporariamente se o cargo ficar vago. Nesse caso, segundo o texto, um novo presidente deve ser eleito pelo parlamento em até 30 dias.

(Com agência France-Presse)