Clique e assine a partir de 8,90/mês

Presidente do Chile assina acordos com Temer em Brasília

Em sua primeira visita ao Brasil, líder chileno demonstra interesse em aprofundar pauta econômica bilateral

Por Da redação - 27 abr 2018, 13h17

O presidente Michel Temer recebe nesta sexta-feira (27) o presidente do Chile, Sebastián Piñera, em Brasília. A cerimônia oficial de chegada de Piñera já aconteceu e, neste momento, ambos estão reunidos no Palácio do Planalto. Piñera venceu as eleições em seu país em dezembro de 2017  e foi empossado presidente chileno no mês passado.

Os dois presidentes assinarão, em cerimônia no Itamaraty, dois acordos relevantes para o intercâmbio econômico: de compras governamentais e de serviços financeiros relacionados a investimentos de lado a lado.

Temer e Piñera vão emitir também uma declaração conjunta sobre o relacionamento entre Brasil e Chile, “abrangendo assuntos comerciais, projetos de infraestrutura, assuntos consulares, cooperação nas áreas de defesa, ciência e tecnologia, cultura e assuntos antárticos e temas multilaterais e regionais”.

Os dois países têm sido aliados nos últimos anos em questões regionais, como nas pressões sobre o regime de Nicolás Maduro, na Venezuela. Após as cerimônias no Palácio do Planalto, Temer oferece almoço em homenagem ao colega chileno,  no Itamaraty.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o Brasil é o principal destino dos investimentos chilenos no exterior, com estoque de 31 bilhões de dólares, e o principal parceiro comercial do Chile na América do Sul. O comércio entre ambos os países é regido pelo acordo de livre comércio firmado nos anos 1990 entre o Chile e o Mercosul. Em 2017, o intercâmbio  bilateral alcançou 8,5 bilhões de dólares, o que representa alta de 22% em relação ao mesmo período do ano anterior.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade