Clique e assine a partir de 9,90/mês

Presidente das Filipinas não vai aos EUA, um ‘país irrelevante’

Rodrigo Duterte respondeu a um convite da Casa Branca dizendo que não irá aos Estados Unidos

Por Da redação - 21 jul 2017, 12h42

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, respondeu nesta sexta-feira a um convite da Casa Branca dizendo que não irá aos Estados Unidos, um país que ele considera “irrelevante”.

“Em nenhum momento durante meu mandato, inclusive depois, viajarei aos Estados Unidos”, declarou o chefe de Estado filipino aos jornalistas.

“Já vi os Estados Unidos e são irrelevantes. Cometem violações dos direitos humanos”, acrescentou.

As relações entre Manila e Washington se degradaram desde a chegada ao poder de Duterte, há um ano. O presidente se diz socialista e reorientou sua diplomacia para a China e a Rússia.

Continua após a publicidade

Em abril, Trump convidou Duterte para a visita, mas o filipino não confirmou a visita alegando problemas de agenda. A resposta veio um dia depois que uma comissão de direitos humanos do Congresso americano celebrou uma audiência sobre a guerra que o presidente filipino trava contra os traficantes de drogas.

O representante democrata, James McGovern, afirmou que Duterte jamais deveria ter sido convidado a Washington.

Publicidade