Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Presidência nega que Felipe Calderón seja alcoólatra

Deputados da oposição mencionaram o vício durante sessão no Congresso

Por Da Redação 10 fev 2011, 09h43

O presidente tem “bom estado de saúde”, diz seu secretário particular

O presidente do México, Felipe Calderón, “tem bom estado de saúde”, assegurou seu secretário particular, Roberto Gil Zuarth, na quarta-feira, seis dias após deputados esquerdistas mencionarem que ele seria alcoólatra, o que deu início a uma grande polêmica entre a imprensa local.

Zuarth desmentiu o vício e disse que “o presidente inicia sua jornada às 6 horas, pratica diariamente uma hora de exercícios, tem reuniões privadas e inicia as atividades públicas às 8h30, como consta a muitos dos senhores, e as conclui sempre por volta das 22 horas.”

A informação foi divulgada por diversos meios de comunicação, entre eles o noticiário apresentado pela jornalista Carmen Aristegui, que na sexta-feira perguntou: “Tem ou não Felipe Calderón problemas de alcoolismo? Isto merece, insisto, uma resposta séria, formal e oficial da própria Presidência da República”. Na segunda-feira, a empresa Multivisión anunciou a demissão de Carmen por “transgredir” o código de ética ao divulgar uma informação que foi considerada um “boato”.

O secretário particular do presidente mexicano, por sua vez, declarou que nos últimos dias “se tentou semear e divulgar na opinião pública rumores ofensivos que atentam contra a dignidade do presidente Felipe Calderón”. Zuarth disse ainda que “durante os quatro anos da gestão, Calderón nunca faltou a atividade alguma por motivos de saúde.”

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade