Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidência francesa autoriza casamento póstumo de militar assassinado

Paris, 23 mar (EFE).- A noiva de um dos três militares vítimas de Mohammed Merah, o assassino de Toulouse, recebeu a autorização da Presidência da República Francesa para o registro civil do casamento que tinham planejado, informou nesta sexta-feira o advogado da família.

O advogado disse à Agência Efe que esta permissão é regida por um artigo do Código Civil segundo o qual o presidente da República pode, por motivos graves, autorizar a celebração de um casamento póstumo desde que o falecido tenha iniciado os trâmites burocráticos antes de morrer e que provem seu consentimento.

A vítima é Abdel Chenuf, militar do regimento de paraquedistas que foi assassinado junto a outro companheiro no último dia 15 em Montauban. Merah também assassinou outras cinco pessoas – um rabino, um militar e três crianças judias.

O assassino confesso, um francês de origem argelina de 23 anos, disse atuar sozinho, mas em nome da rede terrorista Al Qaeda.

mgr/sa