Clique e assine a partir de 9,90/mês

Prefeita de Calais proíbe distribuição de comida para imigrantes

Natacha Bouchart quer evitar que um novo campo de refugiados seja estabelecido na cidade portuária francesa após desativação da 'Selva'

Por Da redação - Atualizado em 30 jul 2020, 20h49 - Publicado em 2 mar 2017, 19h30

A prefeita de Calais, na França, proibiu a distribuição voluntária de alimentos para imigrantes em decreto assinado nesta quinta-feira, três meses após a desativação da ‘Selva’, acampamento que abrigava milhares de pessoas. Natacha Bouchart afirmou que a medida faz parte de uma campanha para evitar que um novo campo de refugiados seja estabelecido na cidade portuária francesa.

O decreto de Bouchart, do partido de centro-direita Os Republicanos, diz que a “presença regular e persistente de pessoas distribuindo refeições a imigrantes” na área onde existia o acampamento de refugiados representa uma ameaça à paz e segurança do local.

Voluntários que distribuem alimentos afirmam que estão oferecendo refeições de forma, escondidos da polícia, segundo o jornal britânico The Guardian. Sarah Arrom, que ajuda imigrantes há quatro meses, contou que a polícia usou gás lacrimogênio para evitar que seu grupo distribuísse café da manhã a trinta adolescentes imigrantes na periferia da cidade nesta quinta-feira.

Policiais da cidade também estão impedindo que grupos de caridade locais instalem banheiros comunitários para os refugiados adolescentes. “As condições estão ficando cada vez mais problemáticas para os imigrantes. Eles não podem dormir, não têm onde tomar banho, e estão cada vez mais cansados. Estamos preocupados com o futuro deles”, disse a voluntária Sarah Arrom ao Guardian, ressaltando que as doações estão cada vez mais raras.

Em visita a Calais nessa quarta-feira, o ministro do Interior da França, Bruno Le Roux, afirmou que a abertura de um centro de recepção de imigrantes atrairia mais pessoas à cidade, mas acrescentou que não proibiria a distribuição de alimentos.

Continua após a publicidade
Publicidade