Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pré-candidato nos EUA, Carson diz que Oriente Médio deveria absorver refugiados

Um dos pré-candidatos à presidência dos Estados Unidos, o republicano Ben Carson disse neste sábado, depois de visitar um acampamento para refugiados sírios, que os deslocados deveriam ser absorvidos pelos países do Oriente Médio, com a comunidade internacional enviando ajuda e “incentivo” para os países anfitriões.

Carson percorreu o acampamento Azraq, no norte da Jordânia, sob pesada segurança do país, com jornalistas barrados. A equipe de campanha de Carson também limitou o acesso, não fornecendo o seu itinerário e liberando apenas uma breve declaração após a visita acampamento.

O candidato tem lutado repetidamente para discutir assuntos internacionais, uma vez que eles se tornam um foco maior na disputa presidencial de 2016. Conselheiros admitem que o pré-candidato é pouco associado à política externa e estão com a esperança de que missões como essa ajudem a mudar esta imagem. A viagem à Jordânia será de dois dias.

Carson e outros republicanos adotaram um tom severo quando se discute o plano do presidente Barack Obama de acolher 10 mil refugiados sírios nos EUA em 2015. O debate sobre sírios que fogem do seu país, devastado pela guerra, ressurgiu com força após uma série de ataques em Paris em novembro, que levantaram preocupações de segurança em todo o Ocidente.

Carson e seus rivais republicanos expressaram preocupação de que extremistas poderiam estar entre os refugiados acolhidos por Obama. Na semana passada, Carson se referiu ao bloqueio de potenciais terroristas dizendo que lidar com os refugiados sírios seria lidar com “cachorros loucos”.

(Com Estadão Conteúdo)