Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Portugal limita viagens para e de Lisboa durante os finais de semana

País vive alta de casos e medida visa impedir que o surto que se concentra na capital se espalhe para o restante do território

Por Julia Braun Atualizado em 17 jun 2021, 15h26 - Publicado em 17 jun 2021, 15h22

Para conter o aumento de casos de Covid-19, o governo de Portugal decidiu proibir viagens saindo ou chegando à região metropolitana de Lisboa durante os finais de semana. A circulação será bloqueada às 15h todas as sextas-feiras e só será normalizada às 6h da manhã de segunda a partir desta semana.

“Vai haver um reforço de fiscalização aos descolamentos e aos eventos que possam ser realizados”, afirmou o governo português, ao anunciar a medida. A restrição valerá para pessoas viajando de carro, ônibus, trem ou avião dentro do país, mas não bloqueará a chegada de voos do exterior.

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, explicou ainda que a circulação entre regiões dentro da área metropolitana está liberada, mas ninguém será autorizado a deixar Lisboa durante os finais de semana, a não ser que apresente uma justificativa plausível.

O governo também proibiu a realização de grandes eventos na cidade e já havia anunciado anteriormente que o plano de reabertura gradual do comércio e de outras atividades previsto para todo o país não se aplicará à capital.

Portugal é o segundo país da União Europeia (UE) com mais casos por milhão de habitantes, logo depois da Espanha. Nesta quinta-feira, 17, o país registrou o segundo dia seguido com mais de 1.000 novos casos de coronavírus, fato que não acontecia desde fevereiro. O número de internações atual ainda é o maior desde o final de abril.

A maior parte dos novos casos se concentra na região de Lisboa. A ideia das novas medidas é isolar a região e impedir que a alta de casos se espalhe para o resto do país no momento em que muitos europeus procuram Portugal como destino para as férias de verão.

Continua após a publicidade
Publicidade