Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por que não tem salmão no restaurante japonês de Havana?

Donos de restaurantes não podem importar salmão ou atum

Em Cuba, nenhum empresário privado pode fazer negócio diretamente com o exterior. Sendo assim, donos de restaurantes não têm como importar salmão ou atum. Quando se está diante de um prato de salmão no país, é porque se está sentado em um restaurante estatal, provavelmente comandado por um militar.

A opção de completar o cardápio com peixes da ilha é difícil. O governo regula muito fortemente a quantidade de barcos pesqueiros para impedir fugas para Miami.

Veja também

Na baía de Havana, os barcos para pesca são pequenos e constantemente vigiados por uma lancha e por membros da polícia política, que ficam na calçada interpelando os que tiram fotos. Para sair com o barco para o mar aberto é preciso ter uma permissão especial.

No Malecón, a avenida costeira, é fácil encontrar pescadores com vara pela manhã. Depois de fisgados, os peixes são pendurados vivos na bicicleta. Então, eles podem ser comidos ou vendidos a restaurantes. Contudo, como a quantidade é limitada, peixe em Cuba é um artigo de luxo. Normalmente, os cubanos só comem porco, e algum frango. Muitos reclamam de colesterol alto.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Cesar8002UTB

    Socialismo!

    Curtir