Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Políticos e sociedade civil defendem ação conjunta em sustentabilidade

Genebra, 6 fev (EFE).- Os líderes políticos e da sociedade civil fizeram nesta segunda-feira um chamado a ação conjunta de Governos, cidadania e setor privado para colocar em prática as recomendações da ONU em matéria de sustentabilidade.

Durante o debate especial sobre o relatório do Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global nesta segunda em Genebra, o diretor-geral do Escritório das Nações Unidas nesta cidade, Kassym-Jomart Tokayev, afirmou que os membros da mesa de debate ‘representam uma clara demonstração da importância que têm as Nações Unidas na associação entre empresas e a sociedade civil’.

O relatório da ONU sobre sustentabilidade exige novo desenho da economia mundial para alcançar equilíbrio sustentável.

A ex-presidente da Confederação Helvética e membro do painel Micheline Calmy-Rey, quem também participou do debate, defendeu a necessidade de construir ‘Governos melhores’, por considerar estes ‘essenciais’ para desenvolvimento sustentável.

Além disso, defendeu pela mudança do marco legal para incentivar o desenvolvimento sustentável ‘na direção necessária’.

O presidente da Solar Impulsione Project, Bertrand Piccard, celebrou que o relatório sobre sustentabilidade da ONU ‘contemple pontos óbvios e tenha os pés no chão’.

Piccard encorajou os cidadãos a demonstrar seu ‘espírito pioneiro’ de forma individual para encorajar Governos e instituições a acatar recomendações da ONU.

O diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Juan Somavía, declarou que o relatório ‘serve para esclarecer o momento de incerteza entre dois ciclos econômicos’.

‘Devemos seguir adiante para garantir crescimento não em números, mas da economia real. Necessitamos de uma análise popular que especifique como deveria funcionar o sistema financeiro, já foram feitas muitas análises por especialistas, mas nenhum partiu da sociedade’, acrescentou.

O representante do Instituto Internacional para o Desenvolvimento Sustentável europeu, Mark Halle, reivindicou um papel mais ativo para indústria, pois considerou importante mobilizar o capital privado a serviço do desenvolvimento sustentável, para o que reivindicou incentivos dos Governos. EFE